sábado, março 22, 2014

"I demand unconditional love and complete freedom That is why I am terrible."


Às vezes, as situações, as pessoas, os sentimentos, acabam. Sem cerimónias, nem lágrimas, sem expectativas. Termina,  sem haver a possibilidade de uma sequela, duma explicação, duma segunda tentativa. Lá se vai o final feliz, resistindo terrivelmente um fim. O fim.


domingo, março 16, 2014

quarta-feira, março 12, 2014

Viver sozinha é ...

No final deste mês fará um ano em que me encontro no desemprego - huray. Posso dizer-vos sem pudor que o meu período de férias já terminou à muito, mas mesmo assim, sinto que às vezes algo me prende a casa, mais que preguiça (e olhem que eu sou muito preguiçosa!). É o desanimo, desta situação governamental em que Portugal se encontra. É a desilusão para com a minha educação académica, de quem tanto falam e ao final do dia, não faz diferença no mercado laboral. São as cunhas, as maravilhosamente malditas cunhas que nos levam em frente, ou social networking, como dizem os entendidos nestas coisas. Pelo andar da carruagem (que não anda mesmo) vou ficar no desemprego durante muito mais tempo. Até algo aparecer para me retirar deste torpor, lá me vou entretendo com as séries (ALGUÉM AQUI VÊ O HANNIBAL??) e os livros e as memórias, que são tantas, que me embalam a noite dentro.
Aqui vai uma amostra do que é viver sozinha - para quem se vai meter nestas andanças, beware!






P.S.: Eu gostaria de dizer que fui mais corajosa do que a jovem da imagem quando encontra a barata ... mas não. Eu saltei mesmo para cima da cama, e gritei bem alto.

quinta-feira, março 06, 2014

Refeições literárias famosas :)


Encontrei esta série de fotografias algures nestas minhas ondas pela internet, e achei um mimo autêntico a representação visual de algumas refeições de literatura notória (acusem-se quem souber do nome do autor desta série!)



Agora se me desculpam, vou procurar algumas receitas que se assemelhem às fotografias e brincar no meu reino de fantasia.