quinta-feira, novembro 24, 2011

I'm not heartless. I just learned how to use my heart less.


"Afasto as cortinas devagar; e, atrás dos vidros, acordo
o silêncio de um muro de granito onde já não se demora
a luz. Lembro-me sem querer de ti e convoco as memórias
de um quarto antigo para não repetir o que os livros
diriam sempre de outro modo. Contemplo a surda vegetação

da sombra, os pequenos animais à deriva, a noite rasgada
ao meio dos gumes da lua. Aguardo provavelmente o teu
 regresso, embora secretamente. Mas o que acode à janela

é uma impressão luminosa e fria que desfigura o olhar e
 dá das coisas apenas metades imperfeitas ou estilhaços
que lembram a arquitectura da poeira sobre as baías.

A sabedoria é um gomo amargo que se consome junto aos
lábios. Ainda que quisesse murmurar o teu nome, como
o sol a morder os pátios de manhã, calo-me para sempre.
Esqueço-me talvez de ti, embora secretamente."

Maria do Rosário Pedreira, in A Casa e o Cheiro dos Livros.





R.I.P. Jeff Buckley.

2 comentários:

Rita Farinha disse...

adorei a primeira imagem

Litopedian disse...

O Tumblr tem imagens perfeitas :D*