domingo, novembro 20, 2011

I hate that you seem perfectly fine without me.

"Your memory is a monster; you forget - it doesn’t. It simply files things away. It keeps things for you, or hides things from you - and summons them to your recall with will of its own. You think you have a memory; but it has you!" (John Irving)

"Basta-me um pequeno gesto, 
feito de longe e de leve, 
para que venhas comigo 
e eu para sempre te leve. . . 

— mas só esse eu não farei. 

Uma palavra caída 
das montanhas dos instantes 
desmancha todos os mares 
e une as terras mais distantes.. 

— palavra que não direi. 

Para que tu me adivinhes, 
entre os ventos taciturnos, 
apago meus pensamentos, 
ponho vestidos noturnos, 

— que amargamente inventei. 

E, enquanto não me descobres, 
os mundos vão navegando 
nos ares certos do tempo, 
até não se sabe quando... 

— e um dia me acabarei. "

"Timidez",  Cecília Meireles.



"Could I see it? - Did I hear it?
Maybe I should love less, maybe I should trust less
I don't love this - Loveless"

4 comentários:

Andreia Sousa disse...

desculpa só te responder agora, mas tenho estado um bocado ausente. tenho-te a dizer que adorei o que me disseste e tens razão! apesar de querer ser amiga do meu ex, eu sinto e faço o que tu disseste, calo-me e desvio o olhar quando estou com ele e acho que isso vai continuar assim porque o que aconteceu entre nós acabou e é difícil voltar a falar com ele sem "acordar" ao de cima as razões que me levaram a apaixonar por ele, que estão guardadas lá no fundo meu subconsciente. Obrigada pelo comentário, adorei mesmo :')

Joo disse...

é verdade, é um grande livro :) sigo

Beatriz Silva disse...

Muito obrigada :)
Pelo que li, gostei muito do blog :)

Litopedian disse...

Grata pelas palavras =)