segunda-feira, setembro 05, 2011

"Eu mato o tempo para ele não me matar."

"Quando amamos algue'm, nao perdemos so' a cabec'a, perdemos tambe'm o nosso corac'ao. 
Ele salta para fora do peito, e depois, quando volta, ja' nao e' o mesmo, e' outro, com cicatrizes novas. A's vezes volta maior, se o amor foi feliz, outras regressa feito numa bola de traposm e' preciso reconstrui'-lo com paciencia, dedicac'ao e  muito amor-pro'prio. E outras vezes nao volta. Fica do outro lado, na vida de quem nao quis ficar do nosso lado."

(Margarida Rebelo Pinto)



2 comentários:

S* disse...

Linda...

Litopedian disse...

E' mesmo = )
Recomendo vivamente este artista, e' um dos meus favoritos.*