quarta-feira, setembro 07, 2011

I'm that person everyone replaces after a while.


"   Eu senti que nao me amavas da mesma forma, mas nao queria aceitar tal evidencia, por isso vazei os olhos da minha lucidez num gesto de obstinac'ao descontrolada. Era-me mais fa'cil entao ficar temporariamente cega do que aceitar a realidade. Amava-te demasiado, desistir de ti era quase como morrer.
   Agora, com o ve'u da distancia, pode parecer-te um exagero, mas foi o que senti durante esse tempo, essa era a minha realidade. No segundo ano, quando finalmente aceitei que nao me amavas, nem da mesma forma nem de qualquer outra, acumulei o meu amor por ti com uma afeic'ao profunda, quase maternal. E no terceiro ano, quando as circunstancias me afastaram dos dois e mergulhei numa tristeza imensa, que me devorou dos dois e da qual so despertei pouco antes de ter ficado doente, tentei esquecer-te mesmo sabendo que isso nunca iria acontecer.  Eu quis tanto que tu me amasses ... Nao se pode querer isso dos outros, e' uma violencia para eles e para no's pro'prios. Tu foste a minha grande aposta e a minha maior decepc'ao."

(Margarida Rebelo Pinto) 


"You were my angel
And I feel that it's not worth it anymore
You make me feel that I'm not worth it anymore"

2 comentários:

Lizzie disse...

:(

Litopedian disse...

It's those types of bittersweet songs ... Fits my mood. I guess ...